SUDIS, na Prefeitura de São Miguel do Iguaçu com o prefeito Boaventura Manoel Motta
20/11/2021 - 18:51

O Superintendente Mauro Rockembach e a Lyana Bacil coordenadora institucional e os Denilto Laurindo Presidente do Grupo de Trabalho Povos e Comunidades Tradicionais do Paraná, Alberto Marsicano Junior - vice presidente do Conselho Estadual de Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais e os assessores Elio Andrade, Raul Camargo, da Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social –SUDIS, estiveram na prefeitura de São Miguel do Iguaçu com o prefeito Boaventura Manoel Motta, o Vice prefeito Claudio Rodrigues o Secretário de Planejamento Gunar Henrique Guedes, a Secretária de Assistência Social Adriana da Silva Motta, Cacique Silvano, e a liderança Indígena Celso.
 A visita institucional do superintendente teve como objetivo iniciar as tratativas para assinatura de um protocolo de intenções interinstitucional para promover estudos que visam o desenvolvimento produtivo das aldeias Indígenas, a começar por São Miguel do Iguaçu do oeste do Estado. O superintendente Mauro Rockenbach enfatizou as autoridades e lideranças presentes a necessidade de firmamos um pacto entre os poderes e a sociedade civil para que depois de consulta às aldeias, possamos ajudar na construção de arranjos produtivos capazes de gerar renda e prever a autonomia das aldeias.  Isso é possível através do associativismo, tendo como fundo, como objetivo o cooperativismo, salientou Mauro Rockenbach.  O presidente do GT, explanou que o conveniente seria a implantação de GT Inter setorial com a finalidade de apresentar em curto prazo modelo de ação conjunta para organização de uma proposta de arranjo setorial das comunidades tradicionais. No caso de são Miguel do Iguaçu, Indígenas, quilombolas principalmente. 
O prefeito cumprimentou a superintendência Geral e falou que com a presença desse órgão tão importante que promove as cidades, disponibilizará o que estiver ao alcance da sua administração para que logre êxito as iniciativas entre a prefeitura, o governo do Estado, a Itaipu e a comunidade Indígena, debateram também sobre investimentos para o município como uma Cooperativa Indígena e o Programa Bolsa Qualificação Cultural, iniciativa da Secretaria estadual da Comunicação e da Cultura, via Superintendência-Geral da Cultura, recebeu um total de 13.121 inscrições de todo o Estado do Paraná no período entre 15 de setembro e 4 de outubro. Parceria com a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), o programa prevê uma bolsa de R$ 3 mil a trabalhadores e trabalhadoras da Cultura do Estado com recursos da Lei Aldir Blanc, em três parcelas de R$ 1.000,00.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias